Atendimento

Pandemia X Farmácias: como o segmento deve agir em momentos assim?

O coronavírus (COVID-19) surgiu no final de 2019 na China e se alastrou pelo mundo de forma surpreendente. Tal fato mexeu com muitos aspectos da rotina de grandes e pequenos negócios. Desde a sobrecarga do sistema de saúde até a economia, muitas são as consequências diretas e indiretas dessa pandemia

No segmento farmacêutico não é diferente. Com este cenário de pandemia e crise, a instabilidade gera apreensão em proprietários de farmácias e em distribuidoras. No entanto, é preciso ter em mente que os serviços de drogarias são básicos à sociedade, assim, foi crucial adaptar-se ao cenário de mudanças e as necessidades do consumidor e não entrar em pânico. 

Entender que a dinâmica do serviço da sua farmácia precisa ser mais ágil, prática e realista é essencial. Também é necessário ter atenção redobrada quanto aos pontos de dificuldade da sua empresa e, consequentemente, conseguir gerir uma possível crise financeira. Por isso, um sistema de gestão que permite a maior e melhor articulação dos funcionários, gestores e clientes é essencial nessas horas. Processos automatizados também contribuem para uma melhor dinâmica na rotina, seja dentro ou fora de um cenário de crise ou pandemia, por exemplo. 

As redes de farmácias e distribuidoras farmacêuticas devem trabalhar como cúmplices de hospitais e unidades de saúde. Assim, é preciso garantir o abastecimento  e o suprimento de medicamentos e  materiais de proteção individual necessários para a sociedade. Deve-se pensar também em aspectos básicos como a entrega do produto ao cliente, o reabastecimento da sua farmácia, o processo de atendimento pessoal, a higiene de caixas e embalagens, bem como a dos entregadores, etc. 

A pergunta é: como fazer tudo isso? 

Primeiro, pense em modos para chegar ao seu cliente, afinal, o contato interpessoal deve ser limitado, no entanto, não quer dizer que não possa existir proximidade. O bom atendimento é ainda mais essencial neste momento delicado em que lojas, shoppings e pontos comerciais estão reabrindo, por isso, preze pelo zelo e atenção pessoalmente ou por meio das redes sociais, atendimento por telefone ou via whatsapp. Se você é atacadista, busque um sistema que permita a sua organização com relação aos seus clientes e parceiros, de modo a não faltar com nenhum deles. 

Tenha um sistema de entregas eficiente e zeloso. Esta dica é igualmente importante tanto para farmácias, quanto para distribuidoras. Preocupe-se com a forma como o produto vai chegar ao seu cliente. A higiene, tanto do produto quanto do entregador, é essencial para a saúde de todos. Além disso, a rapidez também será uma diferencial neste momento. 

Mantenha a sua farmácia bem abastecida de itens essenciais ao seu cliente. De acordo com levantamento feita pela Nielsen,  agência de pesquisas do mercado, as pessoas estão tendo um comportamento padrão na compra de produtos farmacêuticos. Gel antibactericida, termômetros, antitérmicos, antigripais, sabonetes líquidos, desodorantes, água, cereais e desinfetantes em geral são os produtos mais procurados pela população em farmácias nesta época de pandemia. 

Quando se tratando de distribuidoras farmacêuticas, essa atenção com os produtos deve ser também muito cuidadosa. O responsável pela distribuidora deve se ater sempre ao estoque, dando atenção àqueles produtos que mais estão saindo e aos que são indispensáveis, as datas de validade e, principalmente, a limpeza do ambiente e a higiene daqueles que manuseiam as mercadorias.

Outro aspecto importante é a organização na gestão da farmácia ou distribuidora. 

  • Contabilizar a entrada e saída de verba;
  • A queda ou ascensão de vendas;
  • A ordem, manutenção, distribuição e reabastecimento de produtos no estoque para que nada falte;
  • O contato constante com distribuidores e parceiros. 

Todos estes são pontos importantes a se pensar na hora de gerir uma farmácia ou distribuidora farmacêutica em meio a crise.  Dar atenção para estes aspectos ajuda a gerir a empresa e se prevenir de grandes danos posteriores. Por isso, um sistema de gestão é muito importante em momentos como estes, pois facilita e viabiliza os ordenamentos das etapas de uma farmácia, ou seja, mantém o funcionamento de modo estruturado. 

Muitas são as dicas para situações emergenciais assim. Entretanto, a maior delas é manter a calma, organização e valores da sua empresa. Não esqueça que seus serviços são essenciais nessas horas, busque prestar um bom atendimento, oferecer informação e produto de qualidade. Mantenha seu sistema sempre em ordem, seu estoque abastecido e uma visão ampla para todos os aspectos ao seu redor. 

Precisa de ajuda ou quer entender melhor sobre o papel de um sistema de gestão nesse momento? Entre em contato com a gente, será um prazer atendê-lo!

Leia também:


Atendimento
Fale com o comercial