Mercado

O futuro das farmácias: Novas oportunidades e a vacina contra a COVID 19

Mesmo diante de uma Pandemia nunca antes vivenciada pela sociedade, crescer nunca foi um ponto deixado de lado pela indústria farmacêutica.

Com o avanço da Pandemia da COVID-19, vários ajustes foram realizados em diversos aspectos na indústria farmacêutica, desde a produção, modo de atendimento das farmácias, entrega, disposição, mix de produtos e muitos outros pontos que tiveram impacto positivo no crescimento do setor, atingindo grandes metas de lucro como foi destacado na pesquisa da Abrafarma, que declara o aumento de ganho do setor em R$ 56,8 bilhões em 12 meses (abril/2020 a abril de 2021) e o melhor é saber que as projeções para o futuro são ainda melhores, mas como crescer ainda mais e ajudar a população na prevenção e manutenção da saúde?

A RESPOSTA É: VACINA!
O que realmente a população quer é a vacina contra a COVID-19. Afinal, estamos vendo diariamente países divulgando altos índices de vacinação e abolindo o uso obrigatório de máscara, o que ainda parece ser uma realidade longe de ser vivenciada pelos brasileiros, mas é importante saber que A ABRAFARMA – Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias, já está em contato com o Governo Federal para habilitar as farmácias a fazerem parte do Plano Nacional de Imunização (PNI), onde serão pontos de vacinação ampliando e facilitando a imunização da população.

COMO HABILITAR MINHA FARMÁCIA AO PLANO NACIONAL DE IMUNIZAÇÃO?
As negociações com o Ministério da Saúde ainda estão sendo realizadas, mas sendo aprovada, as farmácias poderão fazer a compra da vacina e com ajuda do aplicativo desenvolvido pela ABRAFARMA, poderão divulgar para seus clientes o agendamento da vacina em suas farmácias.

Na matéria realizada por Samuel Pimenta e divulgada pelo site O POVO Online, o presidente da ABRAFARMA, Sérgio Mena Barreto destaca:


“Estamos com conversas avançadas com o ministro e assim quando o Brasil tiver mais vacinas, vamos ajudar o SUS. Podemos facilmente bater mais de 2 milhões de aplicações”.

AMPLIAÇÃO DOS POSTOS DE VACINAÇÃO
Ressaltamos que a negociação ainda segue ocorrendo, então a liberação para vacinação ainda não é uma realidade vivenciada pelas farmácias, mas os órgãos competentes, já estão informados que podem contar com as farmácias como um ponto de apoio a expansão da vacinação. Só nos resta esperar e ficar atentos às novidades que estão vindo para o setor.

“Não queremos furar a fila, queremos que ela ande mais rápido com a ajuda das farmácias”, afirma Sérgio Mena Barreto.

PONTO POSITIVO PARA A CORRIDA DA IMUNIZAÇÃO
Em maio de 2021, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), a medida que autoriza profissionais farmacêuticos com habilidade em aplicação de injetáveis, a participarem da campanha de vacinação contra a Covid-19 em todo o Brasil, desde que seja inscrito no Conselho Federal. Isso abre portas para que a vacinação seja possível de ser realizada em farmácias por esses profissionais.

COMO CONTINUAR CRESCENDO?
A vacinação ainda não é uma realidade possível nas farmácias, mas ampliar o crescimento da sua loja já é possível, basta se atentar às novidades no mercado e aos novos costumes do seu público.

Questione-se:
O que meu público está consumindo?
Quais as novidades do momento?
O que posso trazer de novidade?
Como melhorar a experiência de compra?

Aproveite também para se manter atualizado e se inspirar com o blog exclusivo da Infarma, veja alguns artigos publicados:

MERCADO:
Skincare: como aproveitar o crescimento do setor para alavancar as vendas na sua farmácia.

Vendas online registraram crescimento de 120,75% em 2020. Saiba como implementar as vendas online na sua farmácia.

ATENDIMENTO:
Concorrência no setor farmacêutico: como se destacar através do atendimento.

SISTEMA:
É hora de mudar! Saiba como identificar as deficiências do sistema de gestão da sua farmácia.

Para ter acesso a outros conteúdos 100% gratuitos e desenvolvidos para você, acesse nosso blog e aproveite também para conhecer as soluções de gestão de sistemas que desenvolvemos para o seu negócio.

Leia também:


Atendimento
Fale com o comercial